domingo, janeiro 28, 2007

Fase Final de Juniores Femininas

O Gafanha revalidou o título de Campeão Distrital ao vencer esta tarde o Esgueira num jogo equilibrado mas mal jogado. O Gafanha foi um justo vencedor ao ganhar todos os jogos na fase final.

Resultados:
Calvão 28 - GRIB 46

Gafanha 48 - Esgueira 31

35 Comments:

At 29 janeiro, 2007 14:53, Blogger Miguel-100%fã said...

ole gafanha olé....parabens para todas e para todos q constituem este grupo de trabalho...

 
At 29 janeiro, 2007 17:57, Anonymous Anónimo said...

eu também digo Olé gafanha.... olé..... olé gafanha....

 
At 29 janeiro, 2007 20:43, Anonymous Anónimo said...

eu não...

 
At 30 janeiro, 2007 00:42, Anonymous Anónimo said...

entao peres ja pensaste qual e a equipa q para a proxima epoca queres treinar sim porq es tu q dicides.pena e q nao consegues ganhar nada foste uma vergonha ontem.

 
At 30 janeiro, 2007 02:05, Anonymous Mky said...

Acho que essa tal de Peres ja foi campea nacional como treinadora do Esgueira...Mas se calhar estou enganado não sei........

 
At 30 janeiro, 2007 17:35, Anonymous Anónimo said...

a inês peres tem vindo a fazer um excelente trabalho no basquetebol feminino do esgueira. podemos gostar ou não gostar de determinadas pessoas, mas não podemos retirar o mérito que têm. nem julgar o que fazem por um mau momento ou um mau jogo. desta vez o gafanha foi melhor e só há que dar os parabéns ao clube e a todo o grupo de trabalho, muito especialmente ao hugo fernandes

 
At 30 janeiro, 2007 18:38, Anonymous Anónimo said...

Este post deter comentarios sobre a f4 mas ja que entraram a falar da ines peres, gostaria de comentar acerca do merito. Merito é fruto do trabalho, e numa equipa de 12 jogadoras deter um num significativo de jogadoras provenientes da formação de outros de clubes revela prospecção e não trabalho. Trabalho é algo distinto, que se revela em jogos ou campeonatos de forma consistente e não por acaso que a defesa do CPE foi a pior quer da F4 quer da Fase regular (entre os 5 primeiros), não revelando o dominio de qq conceito. Esta é uma enumeração, para quem esteve atento, interminável. Revelando a falta do dominio de algumas areas do jogo pela treinadora.

 
At 30 janeiro, 2007 18:41, Anonymous Anónimo said...

ser campea nacional de iniciadas nao requer muita sabedoria..so boas jogadoras..agora juniores sim..e ai é que se ve quem percebe de basket e capacidade de adaptar a sua equipa a ás equipas adversarias e saber treinar isso..aí sim se ve quem percebe de basket..onde se ve que o gafanha supera..boa formaçao tecnica e tactica aliada a boas jogadoras..

 
At 30 janeiro, 2007 19:53, Anonymous Anónimo said...

Já se sabe que nas fases finais existem sempre, ou quase sempre surpresas, foi o q aconteceu, (em minha opinião)ao Esgueira. Tem atletas que sabem muito mais técnica individual que o Gafanha, mas o Basket não é só isso.

Deixem- se de tretas qt à Inês Peres, quem é que nunca errou?Quem é que nunca perdeu? Ai como é fácil falar...

Mérito aos vencedores: Atletas, técnicos e ao Barricas!!!


Rute Fernandes

 
At 30 janeiro, 2007 20:07, Anonymous Miguel said...

Em relação às defesas e à tal "falta de conhecimento e de conceitos da treinadora", não me parece que seja muito correcto afirmar isso. Se calhar a filosofia de jogo da Ines Peres não passa por montar uma zona durante 40 minutos para ganhar o caneco...
É certo que não foi campeã e o Esgueira não esteve bem, mas veremos quantas jogadoras daquela equipa do Esgueira conseguiram chegar à Liga Feminina, e quantas jogadoras do Gafanha ou do Calvão conseguirão o mesmo!

Como diria um dos melhores treinadores de escaloes de formaçao de Aveiro:ser campeão distrital é fácil, conseguir formar jogadores é bem mais dificil...

 
At 30 janeiro, 2007 20:14, Anonymous jose said...

oh miguel mas nao é a tarefa de um treinador preparar uma equipa para penetrar uma zona?..penso que sim..ah..e nao se esqueça tambem que no 5 do esgueira so uma foi formada no esgueira..logo ai ve-se que nao é o esgueira que forma boas jogadoras mas sim as outras equipas..

 
At 30 janeiro, 2007 20:26, Anonymous Miguel said...

1.
Discordo quando diz que não é o Esgueira que forma as jogadoras. Dou-lhe o exemplo da Cátia: chegou a Esgueira em cadete!O seu processo de formação termina aí?
Exemplo da Ana Jorge:passou por Illiabum, Beira-Mar, Gafanha e chegou a Esgueira em cadete. O seu processo de formação terminou aí?

2.
5inicial contra GRIB: Ana Regala, Joana Gonçalves, Ana Carlos, Ana Jorge e Juliana! As três primeiras jogaram sempre no CPE

5inicial contra Calvao: Ana Regala, Joana Gonçalves, Ana Jorge, Juliana e, se nao me engano, Cátia! As duas primeiras sempre jogaram no CPE

5inicial contra Gaf: Ana Regala, Ana Carlos, Joana Cruz, Ana Jorge e Joana Gonçalves! Das 5 apenas a Ana Jorge jogou noutro clube sem ser CPE...

 
At 30 janeiro, 2007 20:27, Anonymous Miguel said...

Esqueci-me de acrescentar: No caso da Ana Jorge, qual o seu clube de formaçao?Nao lhe parece que todos os clubes pelos quais ela passou contribuiram para a sua formaçao?

 
At 30 janeiro, 2007 22:05, Anonymous Zé frosques said...

que novela mais estúpida!!!

Já agora no caso da Ana Jorge e da Juliana.... já podiam ter mais dois titulos no deu currículo..........

 
At 31 janeiro, 2007 01:14, Anonymous WADE said...

Parece me muito injusto estarem a criticar a Inês Peres pois é sem dúvida uma excelente treinadora com provas dadas e não é o facto de uma fase final correr menos bem que que passa de boa treinadora a pior.E como aqui ja foi dito ter um titulo Nacional de Iniciadas para todos , foi fruto do trabalho de 2 anos que teve a culminar com o titulo Nacional!
E é como foi ja dito aqui quero ver daqui a 3 , 4 anos quem está a jogar na Liga feminina, pois quem passa a os jogos todos a defender zona é sinonimo que nem defesa individual sabem defender.O Gafanha foi um justo vencedor fruto da orientação do Hugo Fernandes e Carlos Vaquero. Finalmente ha que dar os parabens a ABA pela sua organizaçao pelas medalhas ofericidas as equipas e pela nomeação de um arbitro para esta fase final qué é atleta do Gafanha.

 
At 31 janeiro, 2007 01:14, Anonymous Anónimo said...

Se é assim tao facil ser-se campeão nacional de iniciados porque é que os vossos clubes não o conseguem fazer?
é realmente muito fácil dizer que é as jogadoras, bla bla bla.
Para que existem os treinadores então? se têm uma equipa que é campeã nacional e mesmo assim não têm mérito não percebo o que é que andam ali a fazer. As crianças que se encontrem no pavilhão e vão jogando como querem, e pelas que se acham melhores que as outras.
Resultado? Desorganização total, intrigas, bla bla bla.
Digam mal das equipas da inês peres à vontade, em Esgueira todos lhe reconhecem o mérito, e melhor do que estar aqui com merdas,é ver que as equipas dela, são Unidas, revelam entre-ajuda e uma enorme entrega, e quando uma ri, riem todas, quando uma chora, choram todas.

 
At 31 janeiro, 2007 02:04, Anonymous Anónimo said...

A Peres é a Mourinha e mais nada...

 
At 31 janeiro, 2007 09:07, Anonymous Anónimo said...

Apenas um pequeno reparo ao post do Wade: o treinador principal da equipa júnior do Gafanha é o Luis Araújo que teve o apoio do Hugo Fernandes (treinador da equipa sénior) e do Carlos Vaqueiro (coordenador tecnico do clube).

 
At 31 janeiro, 2007 16:51, Anonymous Anónimo said...

a peres pode ter os seus maus momentos mas acreditem que e uma boa treinadora e as atletas a meu ver n se esforçaram o suficiente ela fez o k podia so k a muitas coisas km as atletas k tem k ser melhradas km a humildade k alguams n tem =) mas tiveram bem mas n foi o suficiente

 
At 31 janeiro, 2007 21:15, Anonymous Anónimo said...

Concordo perfeitamente com o penúltimo comentário. Não costumo participar nestes comentários, mas não posso deixar passar sem comentar este erro. o treinador principal do GDG é o Luis Araújo e fez um excelente trabalho.

Hugo Fernandes

 
At 01 fevereiro, 2007 01:00, Anonymous Anónimo said...

a equipa campea nacional foi iniciada pelo bio e na epoca q foi campea era a carla a treinadora.a ines sabe e contratar jogadoras para obter titulos.mais nada!

 
At 01 fevereiro, 2007 09:30, Anonymous Anónimo said...

exacto.
Pelo que sei na época em que a ju e a ana jorge foram para o esgueira, a peres tudo tentou para que a rafaela do gafanha acompanha-se as outras (na altura estava ela na selecção).
Wade ... só depois de perder por 22 com o calvão, é que falas na situação do árbitro ser atleta do gafanha. Por acaso eram 2 os árbitros que actuaram na fase final que são jogadores do gafanha, e pelo que eu vi, actuaram muito bem.
Já agora, nestes anos quantos atletas o esgueira tentou incentivar a ir para árbitros???
A formação tambem passa por aí, não acham?

 
At 01 fevereiro, 2007 11:51, Anonymous Anónimo said...

ai mas entao o esgueira forma jogadores ou forma arbitros? eu que ja ando por aqui ha algum tempo ja estou confuso!! .. quanto a ines peres é por certo a melhor treinadora de formaçao d aveiro, e nao me venham dizer que ela nao era a treinadora quando foi campea naciional pelas iniciadas porque era, e muito menos dizer que para se ser campeao no escalao de iniciados so é perciso ter boas joagoras. entao se isso for assim o esgueira tem as melhores jogadoras a esse nivel! e que construi a equipa que este ano foi campea de cadetes? A INES PERES!! é so dor de cotovelo por esses lados!!

 
At 01 fevereiro, 2007 12:05, Anonymous Anónimo said...

Achei engraçado terem dito que a Carla era a treinadora!

Concordo com quem disse que podem não gostar da pessoa, não podem é tirar mérito ao seu trabalho!

Há bastante pessoal a confundir as duas coisas!

 
At 01 fevereiro, 2007 14:13, Anonymous Wade said...

Arranjar arbitros tb é bom nao digo que nao porque ha muita falta deles oara os jogos agora ter 2 arbitros que sao jogadores do gafanha numa fase final em que o gadanha joga é que me parece muito mal e já disse que o gafanha ganhou com o merito!Quanto a treinadora ines peres acho que ha muita dor de cotivelo por aí tem feito um excelente trabalho em esgueira o ano passado tinhamos 5o minis este ano com a sua coordençao ja estamos em 90!

 
At 02 fevereiro, 2007 00:09, Anonymous Anónimo said...

sim era a carla.so q ela abdicou porque a dona ines fez com q isso acontecece.a ines essa epoca era das cadetes mas como foi eliminada quis assumir as iniciadas e carla nao se quis chatear e deu-lhe a liderenca da equipa.e se quiserem provas isso esta no diario de aveiro.em relacao as contratacoes ja este ano sacou duas ao beira mar.

 
At 02 fevereiro, 2007 00:11, Anonymous Anónimo said...

oliveirense vagos gafanha beira mar sao clubes onde foi buscar iniciadas e cadetes.nao estamos a falar de seniores.e uma vergonha!

 
At 02 fevereiro, 2007 00:16, Anonymous Anónimo said...

eo bigode q ela tem isso e q e mau.feinha q ela e.....

 
At 02 fevereiro, 2007 00:17, Anonymous Anónimo said...

sai ao pai...tb e muito giro.

 
At 02 fevereiro, 2007 00:22, Anonymous Miguel said...

Bem, quem é que ela foi buscar ao beira-mar?Ou será que as jogadoras é que mostram interesse em vir para o Esgueira?Há aí muito pessoal que fica chateado...não percebo porque!
Quando é o Galitos a fazer isso, estão a fazer formação. Mas se é o Esgueira já é uma vergonha e falta de chá...oh meus amigos!! Arranjem lá motivos em condições...e deixem de ser líricos! Tirando o Gafanha, qual a hipotese que as jogadores teriam de ter uma "carreira" enquanto jogadoras seniores no Beira-Mar, Vagos ou Oliveirense? E se as outras sairam do Gafanha por algum motivo deve ser...
Quando a Tania e a Patricia vieram do GICA para o Esgueira e a Destra veio do CENAP para o Esgueira também fizeram este sururu todo?

E se a Peres fosse tao má como voces a pintam, nao acham que as jogadoras fugiam do Esgueira em vez de quererem vir para cá jogar?

Olhem que este ano vieram algumas minis do Beira-Mar para o Esgueira!Querem ver que também foi a Ines Peres que as foi lá buscar? Como diria alguem "ai loubado...."

 
At 02 fevereiro, 2007 00:34, Anonymous José P. said...

A malta dos anonimos vai criar o clube "anti-Ines Peres", também conhecido como o grupo "os Frustrados do basket em Aveiro".

 
At 02 fevereiro, 2007 12:30, Anonymous Rui O. said...

É uma vergonha estarem com insultos pessoais critcarem uma pessoa por uma fase final menos boa. a Ines não precisa de provar nada a ninguem! As jogadoras que vem para o Esgueira vem de livre vontade ninguem as obriga a vir para o clube e se querem vir treinar com a Peres é pq tem alguma qualidade já pensaram nisso?
É só má lingua a comentar,a insultar deviam era ter vergonha nem o nome metem é só pessoal cobardolas. Deve ser só pessoal frustrado no basket que não tem mais nada do que fazer senão vir para aqi mandar umas bocas. Tirem o curso de treinador e façam algo pelo basket de postivo!

 
At 02 fevereiro, 2007 12:35, Anonymous Anónimo said...

Desculpem lá tar a meter-me nisto, mas só tenho uma coisa a dizer. A equipa do Esgueira é de longe a melhor das Juniores . Por isso algo está errado para ficarem em quarto.Ou não acham? Se querem aprender alguma coisa, meninas abram os olho e vao para o Gafanha. Nada se faz sem trabalho. Acreditem... E lá trabalha-se

 
At 03 fevereiro, 2007 11:32, Anonymous Anónimo said...

exta koisa de xe dixer ke na furmaxaum ux rexultadux naum interexam max kuandu xe perde bir logu kruxificar ux treinadorex xó dá pa rir...

 
At 03 fevereiro, 2007 11:33, Anonymous Anónimo said...

a perex parexe um homem max é muitu boa treinadora. e ax xugadorax goxtam dela o ke é u maix impurtante

 

Enviar um comentário

<< Home